SUBIR

SENALBA-ES

Seja bem vindo ao nosso novo site!

Sábado, 25 de Abril de 2015



  • O SINDICATO
  • JURÍDICO
  • FILIE-SE
  • DOWNLOADS
  • SENALBAS
  • HOMOLOGAÇÃO
  • FOTOS
  • DIREITOS
  • LINKS ÚTEIS




Últimas Notícias(Informa)








(20/03/2015 15:52:28) FINDES oferece uma mixaria de 0,5% (meio) de ganho real aos trabalhadores  

Já foram realizadas cinco rodadas de negociações entre o Senalba-ES e a Findes, e os patrões não chegaram nem perto das reivindicações da categoria. Trata-se da renovação do Acordo Coletivo dos Trabalhadores do SESI/SENAI e IEL, onde todos os anos se discutem aumento salarial e outros benefícios à classe trabalhadora. A database é março. A Findes apresentou uma proposta de reajuste do INPC (reposição da inflação) + 0,5% (ganho real). O Senalba-ES de imediato apresentou uma contraproposta de reajuste salarial de 10%; o mesmo reajuste p/tíquete alimentação, com redução no desconto para o trabalhador de 5%; aumentar a participação da empresa no desconto do plano de saúde; dentre outras. Uma conquista nesta negociação é que o Sindicato garantiu na mesa, a redução da carga horária para alguns empregados que ainda estão na jornada de 44 horas semanais, r



(11/03/2015 14:37:49) Chegou a hora de arregaçar as mangas e lutar por avanços na categoria   

O Senalba-ES convida todos os trabalhadores e trabalhadoras do SESC no Espírito Santo para Assembleia Geral Extraordinária que será realizada nesta sexta-feira (13), as 18 horas, na sede do Sindicato. O Sindicato quer ouvir os trabalhadores para elaboração da pauta de reinvindicações que será entregue aos patrões para renovação do Acordo Coletivo de Trabalho 2015/2016. A database da categoria é abril.   O presidente do Senalba-ES, Pedro Milagres quer o apoio de toda a categoria na assembleia. “Companheiros! Participe da assembleia o sindicato quer ouvir vocês. É por meio das assembleias sindicais que são tirados os encaminhamentos importantes e avanços na carteira de benefícios dos trabalhadores.   Durante as assembleias, os trabalhadores junto com os dirigentes sindicais, decidem o futuro das negociações. Venha Fortalecer a negociação. Veja



(06/03/2015 16:58:12) 8 de março: Uma data de muitas histórias e lutas  

As comemorações do 8 de março estão mundialmente vinculadas às reivindicações femininas por melhores condições de trabalho, por uma vida mais digna e sociedades mais justas e igualitárias. Essa luta é antiga e contou com a força de inúmeras mulheres que nos vários momentos da história da humanidade resistiram ao machismo e à discriminação. É a partir da Revolução francesa, em 1789, que as mulheres passam a atuar na sociedade de forma mais significativa, reivindicando a melhoria das condições de vida e trabalho, a participação política, o fim da prostituição, o acesso à instrução e a igualdade de direitos entre os sexos. É nessa época que surge o nome da francesa Olympe de Gouges. Em 1791, ela lança a "Declaração dos Direitos da Cidadã", onde reivindicava o "direito feminino a todas as dignidades, lugares e empregos públicos segundo suas capacidades". Afirmava



(20/02/2015 16:56:42) Universidade Global do Trabalho está com inscrições abertas  

Estimados/as companheiros/as,Informamos que a Universidade Global do Trabalho (Global Labour University – GLU) convida sindicalistas a participarem nos cursos de mestrado no Brasil, na Alemanha, na Índia, nos Estados Unidos e na África do Sul. Os programas oferecem a oportunidade de estudar temas globais do mundo do trabalho e desafios sindicais juntamente com sindicalistas vindos de diferentes países. Além do curso, é feito também um estágio que dá a oportunidade de ter experiência de trabalho diretamente com organizações sindicais nacionais e internacionais.Os programas de mestrado na Alemanha, Estados Unidos, Índia, África do Sul e no Brasil fazem parte do Projeto Universidade Global, organizado pela Organização Internacional do Trabalho – OIT e é financiado pelo governo da Alemanha, além de fundações contando com a participação de universidades e organizações sindicais e de pesquisa



(04/02/2015 15:15:01) SP: Comunicação é fundamental para formar e politizar  

Reunidos no Enesfor 2015, dirigentes defenderam uso das novas tecnologias O Encontro Estadual de Formação da CUT São Paulo ocorreu nesta terça (2), com a presença de mais de 60 participantes reunidos na Cooperativa dos Trabalhadores do Instituto Cajamar (Cooperinca), espaço histórico de formação do sindicalismo na Central.Na abertura do encontro, o presidente da CUT/SP, Adi dos Santos Lima, frisou que a pauta da classe trabalhadora sofreu mudanças ao longo da história da Central e, além das reivindicações, hoje há questões mais ligadas à cidadania e à qualidade de vida. "Essa pauta é ampliada porque cada conjuntura exige uma reflexão. E a formação é o pilar do dirigente sindical, para que ele fique atualizado em relação às demandas dos trabalhadores", pontuou.A mesa Movimentos sociais - Experiências de formação e os desafios do próximo período deu início os debates no período



(28/01/2015 11:55:13) Dia Nacional de Combate ao Trabalho Escravo  

Data remete a luta contra a exploração da dignidade humana e o risco de retrocessos Dia 28 de janeiro de 2004. Quatro servidores do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) – três fiscais e um motorista (Nelson José da Silva, João Batista Lage, Eratóstenes de Almeida Gonçalves e Ailton Pereira de Oliveira, respectivamente) – foram assassinados enquanto realizavam uma operação de fiscalização em Unaí (MG). Os responsáveis pelo crime continuam impunes. Porém, desde 2010, as vítimas daquela que ficou conhecida como a ‘Chacina de Unaí’ são lembradas com a instituição do Dia Nacional de Combate ao Trabalho Escravo (28 de janeiro). Durante toda esta semana, que inclui o dia 28, serão organizadas um conjunto de ações. Na segunda (26), por exemplo, foi lançada uma petição eletrônica para solicitar ao Supremo Tribunal Federal (STF) a retomada do julgamento dos recur



(23/01/2015 15:03:13) Redução da jornada de trabalho completa 20 anos na Câmara  

Falta de acordo adia inclusão na pauta do Plenário; Centrais querem 40 horas semanaisA Câmara dos Deputados analisa há exatos 20 anos uma proposta de emenda à Constituição (PEC 231/95) que reduz a carga horária de trabalho de 44 para 40 horas semanais em todo o País. A última redução ocorrida no País foi na Constituição de 1988, quando as horas trabalhadas passaram de 48 para 44 horas semanalmente.Desde julho de 2009, a proposta já está pronta para o 1º turno de votação na Câmara, após ter sido aprovada com o apoio de todas as centrais sindicais e em clima de festa na Comissão Especial da Jornada Máxima de Trabalho. Falta, no entanto, acordo para inclusão do texto na pauta do Plenário.Em defesa da PEC, os sindicalistas citam estudo do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioecômicos (Dieese), segundo o qual uma redução de 4 horas criaria cerca de 3 milhões empregos e au



(14/01/2015 14:43:06) Para centrais, em vez de mexer em direitos, governo deveria cuidar da rotatividade  

Em 2014, o mercado formal promoveu 20,414 milhões de contratações com carteira assinada e 19,476 milhões de demissões, números que dobram em dez anos e elevam as indenizações com seguro-desemprego São Paulo – Entre as medidas anunciadas no final do ano pelo governo, está a maior dificuldade de acesso ao seguro-desemprego. Pela proposta do Executivo, o período mínimo para requerer o seguro passa de seis para 18 meses, o que segundo estudo do Dieese já excluiria boa parte dos trabalhadores. Em 2012, por exemplo, 45% dos empregados formais deixaram o emprego antes de seis meses. As centrais afirmam que, em vez de se preocupar com alteração de direitos, o governo deveria ter mais atenção ao fenômeno da rotatividade no mercado de trabalho.Conforme o estudo divulgado no segundo semestre do ano passado, a rotatividade média no mercado formal foi de 37% em 2012. Ou seja, quatro em ca



(12/01/2015 10:47:37) Começa a Década Internacional dos Afrodescendentes  

Desde 1º de janeiro, década é forma de aprofundar a luta contra racismoNo final de 2014, a Organização das Nações Unidas (ONU) lançou oficialmente o período entre 1º de janeiro de 2015 a 31 de dezembro de 2024 como a "Década Internacional dos Afrodescendentes”. O período será utilizado para aprofundar os debates e as iniciativas de combate ao racismo no mundo. Para a secretária nacional de Combate ao Racismo da CUT, Maria Júlia Reis Nogueira, o reconhecimento do problema como uma questão estrutural da sociedade mundial é necessário para que se estabeleçam ações internacionalizadas de combate ao preconceito. “Há questões raciais diferentes de acordo com a região do planeta: preconceito contra negros, contra ciganos. Cada preconceito, com sua especificidade, reproduz uma lógica de exclusão, de desigualdade, que não está de acordo com a ideia de comunidade globalmente igualitária que



(01/12/2014 17:51:47) Senalba-ES conquista na justiça indenização por danos morais para o trabalhador do SESI  

Graças ao empenho do departamento jurídico, o Senalba-ES conquistou  na justiça, uma indenização por danos morais e a reintegração do trabalhador do SESI, Mário Lucio Xavier de Aguiar. A reintegração aconteceu em janeiro de 2009, mas a indenização por danos morais e materiais só ocorreu no mês de outubro deste ano. Trata-se que por meio de decisão em processo de insalubridade, no qual resultou na diminuição do tempo de contribuição para aposentadoria em virtude do trabalhador atuar em área insalubre, ingressamos com um processo de reintegração do trabalhador. Este trabalhador foi demitido indevidamente, pois estava protegido pela garantia de pré-aposentadoria, prevista em Acordo Coletivo de Trabalho, firmado entre Senalba x Sesi. Imediatamente o departamento jurídico do Senalba-ES fez o pedido de reintegração do trabalhador, bem como a indenização por danos


 
 







 1  2 3 4 5 6 7 8 9

Página 1 de 9

 

Cadastre-se e receba nosso informativo com notícias e novidades diretamente no seu email.

Nome:

Email:

Cadastrar Cancelar   

 
 

 

Rua Barão de Itapemirim, 209, Ed. Álvares Cabral, Sala 502/504, Centro, Vitória-ES, E-mail:senalba@senalbaes.org.br,(27)3222-4792

 

 

 Site atualizado há 9 dias, 20 horas e 36 minutos  Novidades - Veja as novidades do site  RSS - Vincule sessões do site em seu programa de leitura  4 Visitantes on-line neste momento!
Resolução mínima de 1024x768 © Copyright 2004 - 2015 | Desenvolvido por Portall System